Clareamento dental: será que vale mesmo a pena?

Por 29 de outubro de 2019Clareamento Dental

O clareamento dental é um dos tratamentos estéticos mais procurados no consultório. Por garantir dentes mais brancos, naturalmente o sorriso ganha maior beleza e jovialidade, o que faz um bem imenso para a autoestima das pessoas.

Para saber os motivos pelos quais vale a pena fazer o clareamento, confira nosso artigo explicando detalhes.

Quando o clareamento dental é indicado?

O procedimento de clareamento dos dentes é recomendado principalmente em duas situações:

Idade superior a 30 anos

A partir dessa idade, as pessoas tendem a apresentar uma série de alterações com relação à cor dos dentes. Com isso, eles passam a ficar mais amarelados, o que requer um tratamento efetivo para o clareamento.

Pessoas com manchas precoces nos dentes

A ocorrência de manchas precoces nos dentes é mais comum no caso de pessoas que ingerem com frequência determinados tipos de alimentos e bebidas que contêm alta concentração de corantes artificiais e pigmentação. 

Fumantes também possuem maior incidência de manchas nos dentes devido às substâncias contidas no cigarro.

Quando esse tratamento não é indicado?

Ainda que o clareamento dental ofereça uma série de benefícios para a saúde e beleza dos dentes, ele não é recomendado quando há determinados tipos de manchas. Tais manchas geralmente não podem ser eliminadas pelo clareamento.

Geralmente, essas manchas possuem coloração mais acastanhada ou acinzentada. 

Dessa forma, pessoas que apresentam manchas congênitas devido a fatores genéticos ou que adquiriram essas manchas no decorrer da infância devido ao consumo de certos tipos de antibióticos ou contato com flúor não devem realizar o clareamento.

Tipos de clareamento dental

Conhecer os tipos de clareamento dental é essencial para identificar qual deles é mais benéfico de acordo com cada caso. Vejamos.

Clareamento a laser

Esse é o tipo de clareamento que é feito exclusivamente nos consultórios odontológicos. Trata-se de um procedimento simples e que proporciona rápidos resultados.

Sobre os dentes, é espalhado um gel que contém alta concentração de substâncias clareadoras. Depois que esse gel é aplicado, ocorre a aplicação do laser, proporcionando o clareamento dos dentes.

Clareamento caseiro

Esse tipo de clareamento dental requer maior tempo para ser realizado em comparação com o clareamento a laser que é feito nos consultórios odontológicos.

O processo consiste em utilizar um molde dental de silicone acompanhado de um gel clareador, que é posicionado nos dentes diariamente. 

A quantidade do produto e o tempo de tratamento depende da condição dos dentes quanto às manchas existentes. Exatamente por isso, ainda que esse clareamento seja feito em casa, ele deve ser indicado e acompanhado por um dentista.

Qual desses clareamentos é o mais indicado?

O tipo de clareamento dental deve ser definido de acordo com o estado geral dos dentes, tipos e coloração das manchas, idade etc. Além disso, o tratamento é definido de acordo com os objetivos do paciente e tempo esperado quanto aos resultados.

Conforme mencionamos, o clareamento a laser proporciona efeito mais rápido e requer menos tempo. Já o tratamento caseiro requer um tempo maior. No entanto, ele é prático e mais acessível em termos financeiros.

Benefícios do clareamento dental

Tanto o clareamento dental caseiro quanto o procedimento a laser proporcionam excelentes resultados. Sobretudo no que diz respeito à aparência dos dentes. Vejamos quais são esses benefícios.

Maior autoestima e confiança

Os dentes manchados ou amarelados trazem grande desconforto às pessoas, já que isso prejudica o sorriso e a aparência pessoal como um todo. Com isso, no dia a dia as pessoas se sentem constrangidas.

Com o clareamento dental, a pessoa ganha maior autoestima e confiança nas mais diversas situações. Esse fator positivo repercute na vida pessoal e também no trabalho.

Desenvolvimento de hábitos saudáveis

Depois que o clareamento nos dentes é feito, é comum que as pessoas queiram conservar os excelentes resultados pelo maior tempo possível. 

Além disso, com a autoestima elevada, automaticamente as pessoas cuidam mais da aparência e, com isso, adotam hábitos mais saudáveis.

Alguns exemplos são as pessoas que abandonam definitivamente o vício do cigarro e que também aderem a uma alimentação mais saudável.

Uma alimentação adequada e que beneficia a saúde dos dentes envolve reduzir o consumo de alimentos de bebidas que provocam manchas e o aspecto amarelado.

Vale lembrar que esses são alguns dos alimentos e bebidas que provocam manchas e amarelam os dentes:

  • Café;
  • Chá (sobretudo os mais escuros);
  • Curry;
  • Molho de soja;
  • Molho de tomate;
  • Frutas de cor vermelha ou roxa;
  • Refrigerantes;
  • Vinho;
  • Sorvetes e raspadinhas;
  • Vinagre.

Já os alimentos que favorecem o processo de clareamento dos dentes são:

  • Leite e derivados;
  • Castanha do pará;
  • Brócolis;
  • Cenoura;
  • Uvas passas;
  • Espinafre;
  • Abacaxi;
  • Couve-flor;
  • Rabanete;
  • Repolho;
  • Gengibre;
  • Pepino;
  • Pera;
  • Maçã.

O consumo desses alimentos no dia a dia é essencial para conservar os benefícios proporcionados pelo clareamento e também para manter a qualidade da saúde bucal.

A importância da avaliação geral

Antes de fazer o clareamento dental, seja ele caseiro ou no consultório, é preciso que seja realizada uma avaliação odontológica completa.

Antes do procedimento de clareamento dos dentes devem ser tratados outros tipos de condições que podem afetar a saúde bucal, tais como placa bacteriana, cáries, tártaro, gengivite, problemas de canal etc. 

Depois da avaliação e realização dos procedimentos necessários, o dentista recomenda o melhor tipo de clareamento para garantir os melhores resultados.

A manutenção dos cuidados diários

Depois de realizar o clareamento dental é de suma importância que as pessoas deem ainda mais atenção aos cuidados com relação à higiene bucal com o objetivo de manter os bons resultados.

É importante solicitar ao dentista quais cremes dentais são mais indicados utilizar no dia a dia para que os efeitos do clareamento permaneçam por mais tempo.

Além disso, manter avaliações odontológicas ao menos uma vez por ano contribui para conservar a saúde dos dentes e evita uma série de problemas que podem ir se agravando ao longo do tempo.

Depois de ver por que vale a pena realizar o clareamento dental, veja nossos demais conteúdos sobre como manter a saúde bucal e cuidar dos seus dentes no dia a dia. 

Deixe um comentário